Acrópole de Atenas

A Acrópole de Atenas é o lugar mais importante de toda Grécia. A Cidade Alta era a sede dos principais lugares de culto da Antiga Grécia. 

Traduzido literalmente do grego, a Acrópole era a “cidade alta”, um lugar característico da maioria das cidades gregas que possuía a função defensiva, além de funcionar como sede dos principais lugares de culto.

Localizada em um lugar estratégico capaz de dominar cada ponto da cidade, a Acrópole de Atenas é o lugar mais importante e conhecido de toda Grécia. Está situada no cume de uma colina de 156 metros sobre o nível do mar e é possível vê-la da maioria das zonas da cidade.

Apesar de que com o passar dos séculos a Acrópole tenha sido destruída e saqueada em diversas ocasiões, depois da declaração da independência da Grécia, as ruínas que se conservavam foram restauradas. Durante a visita à Acrópole, é possível contemplar seus restos e, com a ajuda de uma boa dose de imaginação, se transportar até a época de máximo esplendor da Grécia Antiga.

Partes da Acrópole

A Acrópole de Atenas contém alguns dos monumentos mais conhecidos da época clássica da Grécia: o Partenon, o Erecteion, o Templo de Atena Niké e o Propileu são algumas das construções mais importantes e chamativas.

Partenon

O Partenon é o principal edifício do conjunto arquitetônico da Acrópole, além de ser o maior símbolo da beleza da arquitetura clássica da Grécia Antiga.

Construído entre os anos 447 e 432 a.C., o imponente edifício dotado de um estilo dórico foi criado para proteger uma colossal escultura da Atena Parthenos feita de madeira, marfim e ouro, que tinha doze metros de altura.

Propileu

Erigido entre 437 e 432 a.C., o Propileu era a grandiosa entrada para a Acrópole. Tratava-se de um edifício central de forma retangular composto por colunas dóricas que delimitavam cinco portas de acesso com diferentes funções e duas alas laterais.

Erecteion

Construído entre os anos 420 e 406 a.C., o Erecteion é um templo jônico construído no lugar mais sagrado da Acrópole, onde a deusa Atena fez florescer a primeira oliveira das terras gregas.

A zona mais chamativa do Erecteion é a coberta da galeria sul, que se sustenta com a ajuda das Cariátides, seis colunas com aspecto feminino. As que podemos ver na Acrópole são apenas cópias das originais, que se conservam no Novo Museu da Acrópole.

Templo de Atenea Niké

O Templo de Atena Niké, na ala sul do Propileu, foi construído no ano 420 a.C. para celebrar a vitória dos gregos sobre os persas na Batalha de Salamina.

O pequeno templo construído em estilo jônico abrigava uma imagem de Atena Niké, símbolo da vitória, que teve suas asas cortadas para que não pudesse abandonar Atenas

Muito mais que imprescindível

Embora a península grega possua muitos tesouros a oferecer aos seus visitantes, a Acrópole de Atenas é um dos lugares mais importantes de toda Grécia. É por isso que a visita à Acrópole já justificaria uma viagem à capital.

Para que ninguém fique decepcionado ao visitar a Acrópole, é necessário dizer que grande parte dela está praticamente destruída e repleta de guindastes que estragam as fotos, mas o enorme encanto que esse lugar possui é capaz de minimizar esses problemas

Horário

Todos os dias, das 8:00 às 17:00 horas.

Preço

Entrada combinada adultos: 30€.
Entrada combinada estudantes: 15€.
Inclui: Acrópole, Ágora Antiga, Ágora romana, Teatro de Dionisio, Kerameikos, Templo de Zeus Olímpico e Biblioteca de Adriano.


Tour de bicicleta elétrica pela Acrópole de Atenas €45

Transporte

Metrô: Monastiraki, linhas 1 e 3; Akropoli, linha 2.

Lugares próximos

Partenon de Atenas (31 m)
Museu Kanellopoulos (144 m)
Anafiotika (150 m)
Teatro de Dionísio (178 m)
Odeão de Herodes Ático (226 m)